Três Estrelas Porno Bonitas e populares em 2022

Desta vez trazemos à vossa leitura um tópico em estilo de resenha a cheirar quase a ano novo. Decidimos escrever sobre as que consideramos as TOP estrelas Porno / Webcam girls em ascensão durante o ano de 2022, ano este que se encontra quase a terminar.

Para recolher os dados que nos possibilitaram fundamentar a escolha das 3 Estrelas Porno mais bonitas de 2022, decidimos visitar um site porno relativamente novo que só lista Porno do bonito, ou seja, aquele porno onde estão listadas as mais conhecidas porn stars e meninas de Webcam, em detrimento, em certa medida, do porno amador das desconhecidas.

O Porn site PrettyPorn.com trata de organizar a informação por nomes de actrizes e lista, de uma forma bem limpa e bonita, não só a quantidade de vídeos carregados associados a uma determinada actriz, mas também a quantidade total de visualizações de cada um deles.

Com thumbnails grandes e com organização das actrizes por ordem alfabética, a estética e navegação de PrettyPorn enfatizam a procura de porno do mais bonito, logo agilizam a tarefa para a qual nos propusemos. Eleger as 3 Estrelas Porno de 2022. Ler mais

Comparativo de consumo de Pornografia entre a Geração Z, os Millennials, a Geração X e os Baby Boomers

Os termos pornográficos mais pesquisados por Continente, segundo o PornHub em 2021
Os termos pornográficos mais pesquisados por Continente, segundo o PornHub em 2021

Por vezes gostamos de vos trazer noticias do mundo, noticias essas que não estejam necessariamente relacionadas com o mundo das acompanhantes e prostituição de luxo que costumam ser os temas típicos no blog do Escortera.  Dito isto, decidimos desta vez trazer-vos uma pequena curiosidade sobre o consumo de pornografia no mundo, consumo esse que tem vindo a aumentar de forma generalizada, desde que encetámos estes quase 2 anos de pandemia COVID19.

O site Pornhub.com acabou de publicar o seuAno em Revista” para 2021, que nos vem elucidar sobre as disparidades nos padrões de consumo de pornografia entre membros da Geração Z, da geração Millennials, da geração X  e  dos Baby Boomers.

Para que fique claro sobre que faixas etárias correspondem cada um destes segmentos, lembramos que a geração Z compreende todos aqueles e aquelas mais novos, aqueles foram nascidos pós 1997 e que hoje estão com idades compreendidas entre os 18 e os 24 anos.

Todos sabemos que os adolescentes menores de 18 anos consomem pornografia e se masturbam a rodos, mas para efeitos de apuramento estatístico (e também óbvios constrangimentos de índole legal), o PornHub apenas considerou os jovens com o mínimo de idade legal para ver pornografia, 18 anos, até ao limite máximo da categoria, que são os 24 anos.

Logo a seguir vêem os Millennials, que são todos aqueles nascidos entre 1987 e 1996 e que à data de hoje e do estudo Pornhub estão com as idades compreendidas ente os seus 25 e 34 anos.

Seguem-se depois a Geração X com aqueles que à data de hoje estão com idades compreendidas entre os seus 35 e 44 anos e por fim lá chegam os míticos Baby Boomers fase 2 e os Babyboomers iniciais do pós guerra, ou seja, todos aqueles que respectivamente estão hoje entre os 45-54 anos e os 55-64 anos de idade.

 

Esta análise anual por parte da Pornhub, se não a conhece, é em tudo semelhante ao Spotify Wrapped, excepto que em vez de catalogar as canções mais populares dos últimos 12 meses, informa-o sobre quais os filmes pornográficos que tiveram mais visualizações e/ou foram mais vezes adicionados aos favoritos nas playlists privadas.

Fornece uma imagem altamente completa e surpreendentemente analítica da actividade dos utilizadores do Pornhub, com estatísticas apresentadas sob a forma de listas e gráficos dos dez melhores. Ler mais

Sexo online. As Acompanhantes de Luxo VS a Pornografia.

Ex-actrizes porno que hoje são acompanhantes no topescortbabes.com
Ex-actrizes porno que hoje são acompanhantes no topescortbabes.com

O Sexo online, as Acompanhantes e a Pornografia.

Os homens têm tentado entrar nas calças das mulheres desde o início dos tempos.

Há uns que se tornam mestres nisso, galanteando mulheres e saindo com elas, acrescentando-as às suas listas de conquistas a cada dia que passa. Por outro lado, há outros que têm dificuldade em atrair as mulheres.

Tudo pode ser corrigido, quer seja uma falta de confiança, uma falta de habilidades sociais, ou outra coisa qualquer.

Também temos acesso às redes sociais e ao envolvimento na Internet, o que facilita.

Pode-se engatar uma série de mulheres sem nunca sair do quarto, para assim elas poderem encontrar-se no momento certo, quando já se sentem mais confortáveis para avançar.

 

Os sites de Acompanhantes profissionais, para além dos sites normais de dating

Além disto, há também toda uma série de aplicações, websites e plataformas que existem apenas com o objectivo de reunir homens e mulheres para sexo, em troca de dinheiro ou favores. Estes sites vão muito além dos normais sites de namoro.

É provável que, se for homem, já esteja familiarizado com este tipo de sites, frequentemente denominados em Portugal como “Sites de putas” ou “sites de Acompanhantes de Luxo“, do qual o Escortera.com é um óptimo exemplo em Portugal.

No que diz respeito aos sites de acompanhantes para sexo, existem inclusivamente alguns directórios internacionais que até listam para serviços sexuais ex-estrelas pornográficas. Normalmente são estrelas pornográficas em fase de saída de carreira e que se encontram com clientes ao vivo, a troco de uns belos cobres.

Todos podemos concordar que estas mulheres são diferentes de todas as outras, no que diz respeito ao sexo consensual. Uma coisa é o flirt e sexo normal com uma qualquer mulher conhecida no local de trabalho ou numa discoteca, outra coisa é o sexo pago com uma prostituta ou até uma sessão de masturbação a ver as perícias sexuais da estrela pornográfica do momento.

Não importa quantos encontros sexuais você um homem possa já ter tido, todos sabemos que uma acompanhante ou uma estrela porno são sempre fruto muito apetecido e desejado.

Por causa disto, todos os homens ficam normalmente curiosos sobre estas profissionais do sexo, sejam elas meras acompanhantes ou actrizes pornográficas.

Existem, no entanto, certas distinções entre estas 2 categorias de profissionais do prazer, apesar de ambas serem mestres da mesma forma de arte por direito próprio.

 

As nossas estrelas porno favoritas podem ser encontradas online.

As estrelas porno podem ser vistas em cenas hardcore nos melhores sites porno online,  tais como Reality Kings, Mofos, Brazzers, etc., a partir do conforto da sua própria casa.

Com a proliferação na ultima década de clones do youtube, mas adaptados à industria da pornografia, são hoje aos milhares os sites com biliões de horas de vídeos pornográficos completamente à borla e acessíveis à distancia de um click. O famoso PornHub é disso um exemplo.

Em qualquer caso, parece que ver estrelas porno bonitas em filmes HD ou em galerias de fotos de canais porno para +18 anos sejam das opções mais segura e fáceis. Para ser justo, não há nada de errado em simplesmente ver pornografia e masturbar-se.

Já viu a rapariga antes, sabe como ela se parece até ao último centímetro do seu corpo maravilhosamente esculpido em horas de ginásio, e provavelmente já viu alguns dos seus filmes para adultos. Como resultado, você está ciente do que pode esperar quando liga o computador ou smartphone e se entrega ao prazer solitário.

A pornografia online é considerada mesmo

ideal para aqueles que às vezes têm taras e fetiches sexuais muito específicos e que são difíceis de concretizar no dia a dia Ler mais

O Swing em Portugal, o Tabu das Mulheres Pagas – By TugaEris

As Acompanhantes de Luxo não são desejadas nos Clubes Swinger
As Acompanhantes não são desejadas nos Clubes Swinger

Este artigo tem a autoria de “TugaEris”, uma autora convidada que regularmente escreve no Blog Escortera. O Escortera.com apenas revisou a grafia e o contexto editorial do mesmo, não sendo assim responsável pela veracidade ou fidelidade das informações nele veiculadas.
Muito se fala do mundo do swing, como funciona e existe um tema que é sempre «tabu» :

Existem mulheres contratadas no mundo do swing?

Vou responder a esta pergunta de forma generalizada, com base em todos os clubes de swing a que já fui até hoje.

Nenhum dos clubes onde fui tinha mulheres a receber qualquer pagamento fosse que fosse por qualquer serviço.

Os clubes de swing na sua maioria funcionam como se fosse uma «casa de familia». São locais privados e discretos com publicidade divulgada em sítios específicos de modo a atingir o seu público alvo, os casais com uma mente aberta. Para qualquer um conseguir lá entrar terá de efectuar um contacto telefónico prévio e à porta do local poderá ainda ter de ser feita uma selecção de acordo com as normas de cada clube.

A maioria das pessoa que fazem parte do staff do clube, sejam bartender, relações publicas etc.. não são pessoas contratadas, mas sim utilizadores frequentes do clube que acreditam no seu conceito e disponibilizam os seus serviços de modo a beneficiar o espaço onde se sentem confortáveis.

 

 

Isto para terem noção que se o espaço não paga a staff normal, não faria qualquer sentido pagar a mulheres ou acompanhantes para estarem no local.
As mulheres que estão no local vão enquanto casal ou singles femininas.

As singles femininas são mulheres que se divorciaram, que tipicamente já eram frequentadoras do clube enquanto casal e que agora mantêm-se sozinhas, sendo que por vezes algumas pertencem a relações a três ou são amigas de algum casal Swinger.

As minhas favoritas e as com quem mais tenho convivido são as mulheres single ninfomaníacas! Mulheres que adoram sexo por mero prazer! Casadas ou solteiras que procuram nestes clubes quantidades industriais de orgasmos.

Posso-vos confidenciar que há umas semanas atrás quatro singles masculinos entraram num clube, ressalvo que às sextas-feiras é permitida a entrada a homens sozinhos, encontraram uma ninfomaníaca e após algum tempo de convívio, ela subiu para um dos quartos para uma festa a cinco. Algum tempo depois desceu triste, questionada se estava tudo bem respondeu:

– Quatro não valiam nadinha, nenhum deles me conseguiu fazer vir! Ler mais

Cuckquean – Prazer no Feminino – By TugaEris

O prazer da mulher observar o companheiro a ter sexo com outras
O prazer da mulher observar o companheiro a ter sexo com outras

A maioria de nós já terá ouvido falar em «Cuckold» que apesar de ter varias interpretações no fundo significa esposo de mulher adultera com consentimento. Usando linguagem de foda significa «Homem que tem tesão a ver a mulher a foder com outros homens. O chamado Corno Manso»

E uma Cuckquean o que será?

Não vou dar explicações «cientificas», é uma mulher que se excita a ver o homem com outras mulheres. E sim existe! E não é uma amante ou uma adepta do Poliamor porque as mulheres que entrarem na fantasia deste casal serão «descartáveis», não irão fazer parte de nenhuma relação amorosa e sim satisfação sexual.

Tive o prazer de conhecer e estar à conversa com uma Cuckquean e o brilho dos seus olhos a descrever o que sentia a ver o marido a foder outra mulher com força e garra deixaram me entusiasmada, admirada e excitada ao mesmo tempo, enfim, um misto de sentimentos difíceis de descrever.

Se por uma lado não sabia que existiam mulheres com uma abertura sexual gigante e senti entusiasmo com a novidade, por outro lado fiquei admirada com a naturalidade com que me contava as aventuras do marido.

 A primeira vez que decidi por em pratica a minha fantasia estávamos juntos há dois anos, telefonei-lhe e disse, «querido vou levar uma amiga para casa!», não sabia que a amiga tinha sido ex namorada dele, ainda assim correu bem a mesma!

Questionei-a sobre o facto de ela aceitar mulheres na sua casa, na sua cama, pois de um modo geral nós mulheres somos possessivas. Eu considero-me uma mulher com uma abertura sexual e confesso que já fiz ménage  com namorados de forma tranquila mas nunca imaginei uma outra mulher na minha cama, nos meus lençóis e a limpar-se às minhas toalhas.

Então fode o meu homem ainda usa as minhas coisas?? Nada disso!

E falei-lhe sobre este meu dilema e  Ela Responde:
Oh Ana a água, o sabão são fantásticos lavam tudo, quero lá eu saber de cabelos ou perfumes. Quando telefono ao meu marido e ele diz que está em casa acompanhado,

vou mais depressa, com mais tesão, para ainda assistir e no fim ainda tomo o pequeno almoço com ela, sem problemas Ler mais

A FOSTA-SESTA, o fecho do Backpage e o futuro das Acompanhantes

Mais de 35% de todos os dados na Internet correspondem a Sexo
Mais de 35% de todos os dados na Internet correspondem a Sexo

Backpage.com – A Liberdade de expressão acima de tudo.

À luz dos mais recentes acontecimentos que estão presentemente a ocorrer nos EUA, a equipa técnica do CMS Escortera decidiu vir hoje tecer alguns comentários sobre o tema.

Antes de mais devemos reiterar veementemente que, na toda plenitude libertária que normalmente assiste aos Geeks mais profundos, somos totalmente contra quem nos corta a liberdade de expressão.

Ideologias e clivagens políticas à parte, não obstante a nossa equipa estar mais ou menos em sintonia em muitas matérias, afirmamos publicamente que somos todos contra práticas totalitaristas, proteccionistas ou conservadoras. Respeitamos opiniões contrárias. Dissemos.

Vamos lá começar. O que se está a passar?

O artigo 230 da “Communications Decency Act”

A Internet foi fundada sob o principio da livre liberdade de expressão e foi isso que a fez florescer comercialmente e de forma exponencial a partir de 1996.

Em 1996 saia para a rua o artigo 230 da  “The Communication Decency Act” nos EUA, artigo esse que regulava especificidades que a novidade da Internet começava a encetar.

Salvo algumas situações de âmbito criminal, foi estipulado nesse artigo 230  que os fornecedores de comunicações, onde se incluem os donos de páginas Web e serviços de alojamento de sites, nunca poderiam ser responsabilizados por conteúdos publicados pelos visitantes anónimos ou não anónimos que frequentariam os seus sites.

Não só porque seria humanamente impossível controlar todos os conteúdos publicados nas páginas, especialmente numa época em que os primeiros conceitos da Web 2.0 começavam a surgir (foruns de discussão, chats ao vivo,etc), mas também porque achou-se que os automatismos necessários para monitorizar os conteúdos seriam de uma envergadura tal, que só as grandes corporações os poderiam alguma vez almejar.

Assim e para bem do crescimento da Internet comercial, para bem da liberdade de expressão e especialmente para bem da uma concorrência mais justa, surgia o famoso artigo 230.

A explosão da pornografia, Sexo e culturas alternativas na Internet

A partir de 1996 e com o artigo 230, a Internet correu à velocidade da luz.

Entre alguns antigos media que se apressaram para a nova galinha dos ovos de ouro, mercados de transacções de artigos e o vulgar E-commerce, começaram então a proliferar milhares de sites com conteúdo pornográfico.

Sejamos francos, o anonimato e o conforto de acesso que a Internet oferecia aos seus utilizadores era impagável para que as grandes produtoras não se apressassem a invadir a Internet.  A Internet estava como pão para a boca para a indústria do Sexo.

Ao mesmo tempo que a indústria tradicional da pornografia (videos pornográficos) se lançava com afinco nessa nova auto estrada da informação, começavam a surgir muitos outros projectos relacionados com a indústria do sexo ou relacionados com temáticas adultas.

Sites pessoais amadores de actrizes pornográficas, Sites de webcams em tempo real com meninas a mostrarem os seus dotes fisicos, comunidades de discussão LGBT, todos surgiram nessa altura e os primeiros sites de encontros na Internet, mais especificamente para relacionamento sexual, começavam a dar os seus primeiros passos.

A mais antiga profissão do mundo, a prostituição, essa não ficou de fora. Nessa altura apareceram também os primeiros sites de classificados adultos e relax.  Foi o inicio também da proliferação dos sites das Acompanhantes e Escorts um pouco por todo o mundo.

O papel da indústria do Sexo nas tecnologias Internet

Génios da programação rapidamente foram trabalhar para a indústria do sexo e as melhores invenções tecnológicas Web e técnicas de social / web marketing que alguma vez foram inventadas na Internet e que hoje conhecemos, foram-no pelos jovens que abarcaram a indústria do sexo até à viragem para o novo milénio.

Muitas das invenções que hoje em dia vemos mediatizadas pelos colossos do social media, Facebook, Instagram, Youtube, Snapchat, entre tantos, foram descobertas e extensivamente usadas (e o ainda o são hoje)  pelas indústrias do entretenimento adulto.

Os algoritmos avançados de compressão de vídeo streaming foram inventados pela indústria pornográfica.

As transmissões de webcam que vemos hoje em dia no Periscope ou no Youtube, já há mais de 20 anos existem na Internet dos adultos.

As primeiras redes sociais e partilha de contactos apareceram na indústria adulta muito antes de qualquer MySpace ou Facebook.

As técnicas de afiliação e vendas comissionistas apareceram primeiro nos sites pornográficos ou de âmbito adulto, muito antes de aparecerem na Amazon quando esta ainda só vendia livros online.

Com a chegada dos fundos de investimento e do grande capital de risco à Internet, estes historicamente avessos à indústria do Sexo, aos riscos e ética moral que essa indústria acarreta, muito dinheiro começou a ser lançado em novos projectos “mainstream”, ou seja, projectos fora da área de adultos.

Com a chegada destes, muitos programadores e génios informáticos de topo abandonaram a Indústria do sexo e dos Sites Adultos, contudo as suas invenções ficaram para a posteridade e são hoje em dia usadas por centenas de milhões de pessoas todos os dias.

A escalada dos sites de Classificados de Convivio e de Acompanhantes

Entrando no novo milénio, a indústria do sexo na Internet jorrava saúde e com ela começavam pouco a pouco a aparecer os primeiros unicórnios na Indústria dos classificados adultos e acompanhantes, nicho esse que até então tinha actuado num mercado altamente capilarizado e muito fragmentado.

Nos EUA por exemplo,  o rei dos anúncios de classificados de acompanhantes era o Craigslist.com e assim o foi até cerca de 2010, ano em que sob imensa pressão mediática e política, foi obrigado a suspender a área de “Escorts e Acompanhantes”.

Na altura foram várias as vozes que surgiram alegando que seria o principio do fim da liberdade de expressão na Internet, mas achou-se que uns poucos casos de violação e outros crimes cometidos supostamente por contactos iniciados através do Craigslist, justificariam o fim dessa categoria de serviços no mesmo.

Claro que muitas das prostitutas, massagistas e acompanhantes de luxo rapidamente se mexeram publicando os seus anúncios em outras categorias do Craigslist, nomeadamente na categoria de Dating, os vulgares encontros e namoro.

Contudo as reservas e a moderação a esses anúncios intensificaram-se por parte do staff do Craigslist, o que levou à progressiva debandada do Craigslist por parte de muitos anunciantes adultos, ávidos de novos sites onde pudessem promover e divulgar os seus serviços.

O mercado dos classificados de sexo voltou a estar fracturado nos EUA e muitos adultos dispersaram-se por centenas de sites, mas apenas por poucos meses….

O surgimento do Backpage.com – O novo Rei dos Classificados adultos.

Por volta do ano de 2004 surgia o Backpage.com, apontado inicialmente como um rival do Craigslist e que também actuava no mercado vertical dos classificados horizontais.

Será importante clarificar o caro leitor do Blog Escortera sobre o que significam os conceitos Vertical e horizontal quando falamos de mercados Internet.

Um nicho ou mercado horizontal em Internet é consensualmente aceite como um site que possui várias categorias ou segmentos informativos. Um exemplo será um portal tipo o Sapo.pt ou um Yahoo.com, com os seus serviços de noticias temáticas, serviços de Email, Blogs e outros.

Já um vertical em Internet significa que o site aponta para uma determinada categoria de serviços em especifico.

Ora, na indústria dos classificados e dos anúncios online há os verticais e horizontais.

Um exemplo de um site de anúncios classificados Vertical é o Escortera.com, pois só lida com a publicitação de anuncios de profissionais do sexo independentes.

um exemplo de um site de classificados horizontal poderá ser um OLX.pt, pois o mesmo compreende uma série de categorias diferentes de anúncios, que poderão abranger toda a área automóvel, a venda de artigos de tecnologia e acabar nas áreas de anúncios de encontros ( de carácter não sexual).

Retomando o assunto do Backpage.com, este era (e sempre foi) um portal de classificados do estilo “horizontal”, muito secundário enquanto o Craigslist reinou com os anúncios de acompanhantes, contudo quando o Craisglist foi forçado sob pressão a fechar as àreas adultas em 2010, rapidamente o Backpage se tornou o destino de muitas pessoas da indústria do sexo.

Em 2011 já era o segundo site de classificados mais visitado nos EUA logo atrás do Craigslist, muito à conta do florescimento das áreas de anúncios destinados aos Acompanhantes de luxo, massagistas, strippers e outros quejandos.

Um Backpage.com Renascido e com mais força

O negócio corria de vento em popa e estima-se que já em 2011 a facturação anual do Backpage seria na ordem dos vários milhões de dólares anuais, sendo que 90% destes seriam à conta da venda de anúncios adultos.

Não obstante ser um negócio altamente lucrativo, os donos do Backpage.com,  a norte americana dona de vários títulos de imprensa alternativos “Village Voice People“, talvez prevendo problemas futuros do mesmo âmbito que o Craigslist tinha tido anos antes, decidiu vender em 2014 todas as suas participações a uma nova empresa encabeçada por ex-executivos da “Village Voice People”  com Carl Ferrer, fundador do Backpage, à cabeça da nova empresa.

Carl Ferrer, através de várias empresas participadas e sub participadas por uma holding sediada na Holanda, começou a gerir o Backpage.com com o propósito especifico de expandir as vendas do que começava a ser o seu nicho principal, a venda de anúncios às acompanhantes de luxo e serviços de prostituição em geral.

Dos cerca de 6 milhões de dólares reportados de facturação no ano de 2011, Carl Ferrer construiu um mega mastodonte de classificados online , maioritariamente de anúncios de prostituição, capaz de gerar receitas na ordem dos 500 milhões de dolares anuais. Alguns argumentam que foram 500 milhões acumulados e não anuais, mas temos por fonte segura que seriam valores anualizados.

Várias fontes mencionam que os valores em finais de 2017 chegavam a ser bem superiores aos cerca de 500 milhões reportados. Para se ter uma ideia da dimensão do negócio, há indicações de que entre 2013 e 2015 e somente para o estado da Califórnia nos EUA , o

Backpage tinha conseguido vendas acumuladas em torno dos mais de 50 milhões de dólares Ler mais

Pole Dance – A Dança no varão by TugaEris

Inês Marques actuando na Pole Fit Dubai
Inês Marques  – Portuguesa praticante profissional de Pole Dance.

A Dança no Varão pode ser um desporto ou uma dança, e hoje em dia já é possível realizar como modalidade física em diversos ginásios, quase equiparada ao pilates e yoga.

Em tempos era estereotipado às dançarinas da noite, como dança sensual ou strip tease e por isso durante muitos anos mulher quem gostasse de pole dance era rotulada de «mulher da vida».

Actualmente é possível realizar como modalidade física em diversos ginásios, e ainda bem que assim o é, porque milhares de mulheres sonhavam em aprender ou faziam-no secretamente, apenas para se sentirem mais sensuais, aumentarem a auto estima e até ganharem massa muscular e tonificarem o corpo.

Eu confesso que sou uma apaixonada pela modalidade, desde pequena que babava a ver todos os espectáculos a que consegui ter acesso, lembro me de ter visto o filme «Strip Tease- Demi More», no mínimo umas quinhentas vezes.

A tirar a roupa ou como modalidade desportiva, seja a rapariga esbelta ou acima do peso, porque hoje em dia já se encontra provado que tal como qualquer outra actividade, com esforço todas as pessoas o conseguem fazer e continuam a ser minutos de sensualidade e de beleza indescritível.

E é visível  a beleza e actualmente a qualidade das portuguesas nesta modalidade e a provar isso deixo vos com uma pequena apresentação da portuguesa Inês Marques, actualmente a viver no Dubainuma das melhores academias de pole dance do mundo. Pole Fit Dubai.

Perfil Instagram da Inês Marques: https://www.instagram.com/ines_marques_portugal/ Ler mais

Roteiro Ano Novo Sexual – Sugestões by TugaEris

2018 KickOff - Espaço Agera - Cedofeita, Porto
2018 KickOff – Espaço Agera – Cedofeita, Porto

Roteiro Sexual Reveillon 2017-2018

 

Para aqueles que Ano Novo é sinal de muito sexo e desejam ter uma passagem de ano neste gigantesco mundo, deixo-vos algumas sugestões:

Baixa do Porto ( Espaço Agera – Cedofeita)

Actriz Porn – Diana Cu de Melancia

Autógrafos e fotos ( valor da entrada 5€)

Possível compra de mesas VIP

Link para compra de Bilhetes

https://www.last2ticket.com/pt/events/570/sessions/15263/2018-kickoff-passagem-de-ano

 

Vila Nova de Gaia – Tass Bem Swing Club

Com sexo ao vivo, strip, pole dance, bar aberto

Contacto para reservas

https://www.facebook.com/tassbemswing.porto/

 

Motel Príncipe Encantado – Na zona da Mealhada

Reservas até as 20H de dia 31/12

Passagem de ano com muito prazer Oferta de Espumante preços desde 55€

Contactos para reservas 231949889/ 9172612180 email: geral@motelprincipeencantado.com

https://motelprincipeencantado.com/

 

 

Alenquer – Afrodita Swing Club 

Buffet, swing, com a presença do Dj Hugo Big F e a actriz porn Carla Kinky- Rainha do Dogging em Portugal

Para casais e singles – valor 30€
 

 

Charneca da Caparica  –  Divinus Aroeira Swing Club Ler mais

RentalGirlFriends – Namoradas de Aluguer by TugaEris

Ganhar dinheiro com Sexo
Muitas forma de ganhar dinheiro com sexo

“Existem muitos tipos de trabalhadora do sexo:

Sexting –  menina que troca email ou sms eróticos

Sexfone – Sexo através de conversa telefónica

Camgirl –  Sexo através da camera, pode ser telemóvel/ pc, através de aplicações ou sites.

Massagista – No caso de massagens com «happy ending» ou o Body to Body

Actriz Pornográfica – Filmes eróticos

Acompanhante – De luxo ou mais simples que faça o convívio.

 

E provavelmente existem muitos mais, e  teria muito para falar de todas as que mencionei anteriormente. O que todas têm em comum? Usam o sexo em troca de dinheiro enquadrando-se assim todas na categoria de profissional do sexo.

E sem muitos rodeios não vale a pena discutir se uma é mais puta que a outra, porque o fim e a matéria prima utilizada é a mesma, logo são todas iguais, não existe «Puta Mor»

Agora em Portugal surgiu neste último ano a primeira agência de aluguer de namoradas.

Qual a diferença entre esta plataforma e qualquer outra de acompanhantes

É que nesta plataforma apenas encontram raparigas disponíveis para simular uma relação amorosa não envolvendo contacto sexual.

 

Vamos imaginar um Homem gay, cuja família insiste para ele levar a namorada lá a casa.

Contrata os serviços desta agência e leva a menina a conhecer a família.

Se qualquer acompanhante poderia fazer este serviço? Sim podia!

Mas teria de se perguntar uma a uma quais estariam disponíveis para isso e se calhar nem todas aceitariam.

 

Outra situação possível,

um homem que só quer companhia para um jantar ou cinema. Uma vez  mais recorre à agência em questão. Ler mais

“A arte de chupar um Caralho” by TugaEris

Exemplificando Broche
Simulando o Fellatio perfeito…

Aqui está o segredo dos deuses…

“Como chupar bem um caralho?”

1) Nada de nojos! ( Nojo de que caralho? Então não é chixa da boa? Têm melado? Melhor ainda! Se não tivesse e que era uma chatice)

Tem de se ter prazer no que se esta a fazer. Se isso não se transmite, aquilo ainda mirra.”

 

2) Começa com lambidelas suaves, passa os lábios suave,  beijando e passando a língua de cima a baixo.”


3) Colhões, não te esqueças das bolas! Sugas, enfias tudo na boca e chupa isso com vontade. Faz o pino mas chupa bem as bolas.”

 

4) Olha para a cara e olhos do homem enquanto chupas o pau (todos adoram)”

 

5) Passa a língua pela ponta da cabeça, com os dentes e ao de leve.”

6) Relaxa a garganta para que ele entre o máximo possível, a dada altura é possível que sintas o vómito, fica tranquila. Homens que gostam de garganta funda, esse vómito dá-lhes uma tesão louca

Não uses spray para dilatar a garganta, a maioria deles têm substancias que poderão ser tóxicas.”

 

7) Se chupares com o preservativos (eu pessoalmente não gosto mas ás vezes tem de ser),  mete o preservativo com a boca.”

 

8) Queres praticar sem homem? Sem vergonhas. Vais ao supermercado, compras um pepino, medida ao teu gosto, lava e pratica a colocação do preservativo e todo o broche em si.

Ninguém nasce ensinado, eu aprendi assim e pratiquei muitas horas. Colocas o pepino de forma a que fique fixo, isto se não tiveres nenhum vibrador, mãos atrás das costas e fazes a colocação do preservativo só com a boca, e treinas a garganta funda e as chupadelas.”

 

9) Para terminar o broche Ler mais

Visitar WebAPP Escortera